Tuesday, April 01, 2008

Infidelidade: Os homens são mais infiéis que as mulheres?



Há tempos tive uma discussão com um grupo de amigos. Uns achavam que os homens eram mais infiéis do que as mulheres e outros, entre os quais eu, achávamos que isso é uma grande parvoíce...."

Esta afirmação é não racional e não mensurável! Diria tratar-se de um mito que traduz apenas a verdade de certas percepções que continuam ainda a existir. Desta forma, trata-se de uma opinião e não de uma realidade!

A frase “Os homens são mais infiéis do que as mulheres” reflecte o paternalismo que condiciona a vida da mulher, tão conveniente ao parceiro masculino. Surge em contraposição com o privilégio do aventureirismo masculino, sempre custoso e doloroso à parte feminina.

“Os homens são mais infiéis do que as mulheres” funciona como uma espécie de entrave imposto para mascarar os impulsos da noite e perpetuar a crença na mulher “bem comportada”, asséptica e de boas maneiras...

Sabemos que essa mulher já saiu de cena!

Também há quem diga, "Não percebo porque é que certas mulheres que sabem serem enganadas pelos seus maridos preferem continuar com eles e não pedem o divórcio..."

A grande diferença no caso de infidelidade com consentimento não é que o cônjuge enganado saiba, é que o outro esteja ao corrente.

Esta conveniência matrimonial é tácita repousando, geralmente, no princípio da reciprocidade.
Pode ser fruto da cobardia ou da passividade, bem como de um estoicismo sofisticado, ou desejo de salvaguardar uma aparente dignidade.

Também não podemos esquecer que o casamento traz certas vantagens e daí ter que ser dissociado de ideias abstractas e fúteis tais como o amor ou a paixão. Assim, o casamento funciona como um “emprego” que permite pagar ao fim do mês o infantário, a empregada, as prestações do carro e, enfim, o acesso a um sono tranquilo.


E os meus caros leitores, o que acham acerca desta temática?
Os Homens são mais infiéis que as mulheres?
Ou por outro lado, com a mudança do papel da mulher nas Sociedades Actuais, esta permissa já não faz qualquer sentido?
Saudações diabólicas.

18 comments:

O Pinoka said...

“Os homens são mais infiéis do que as mulheres”, p`raí dizem que sim.
Apreciei a tua opinião.
Beijinhos

Tipp said...

Eu julgo que os homens não andam uns com os outros. Então se eles são então elas também têm que ser.
O que pode acontecer é eles não serem tão cuidadosos como elas, a esconderem as situações.

Bjs

Diabólica said...

PINOKA,

É bom saber que, de vez em quando, alguém concorda comigo.

Sim, porque na conversa com os meus amigos iam sendo linxada!

Beijinhos

Diabólica said...

TIPP,

Bem quanto à tua afirmação de os homens não andarem uns com os outros, permite-me discordar.

A verdade é que andam, e pior,até gostam! O mesmo se passa com as mulheres!

Agora é óbvio que entendo o sentido que quises-te dar ao expor a sua ideia, isto é, para se ser infiel tem que haver que também o seja, ou o ajude a ser.

E nesse caso, tendo como exemplo relações heterossexuais, logicamente que para um homem trair, tem que haver uma mulher que lhe dê uma "ajudinha"!

Isso para mim é linear.

Tb concordo qd dizes q por vezes o q acontece é que os homens não são tão cuidadosos quanto as mulheres.
De facto, nós somos mais "matreiras", essa é que é essa.

Beijos diabólicos.

O Pinoka said...

Aposto que o grupo era composto por mais mulheres que homens.
Bjs

Borboleta said...

É provavel que os homens sejam mais infiéis... para já! Mas também sou de opinião que esta desigualdade irá acabar mais tarde ou mais cedo! Eu posso confessar-te que já traí o meu marido, e que por causa disso terminei o meu casamento... O que sinto em relação a isso? Sinto-me mal, muito mal, mas na altura fi-lo porque me deixei apaixonar por um amigo... O que senti, muita gente deve sentir também: homens e mulheres. Por isso acho que essa desigualdade acabará. Porque, agora, nós mulheres somos igualmente livres. Tudo tende à igualdade...
Beijinhos.

Diabólica said...

PINOKA,

Aposta no Euromilhões!

Serás bafejado pela sorte! Lol

Bjos

Diabólica said...

BORBOLETA,

Creio que sim, a igualdade das mulheres está a dominar.

Talvez agora, uma mulher que trai deixe de seu uma PUTA, e passe a ser apenas uma mulher aquem apenas apeteceu experenciar outra situação.

Pq quando um homem trai ele é um garanhão, pq é q as mulheres tb n poderão ser vistas de igual forma, sem ter que apanhar com juízos prejurativos e humilhantes?

Bjos

Casemiro dos Plásticos said...

De facto devo dizer-te, primeiro de tudo, que é um tema bastante interessante que leva pano para mangas. Resumidamente te digo que actualmente está ela por ela, as necissidades são e sempre foram iguais mas actualmente com o novo papel da mulher na sociedade a coisa ficou igual paraos dois lados.
Assim sendo te digo que a infelidade está e estar+a para durar...pecados...
beijo e boa semana.

Joao said...

Se for no caso de apreciar as vistas, até posso realmente dizer que nós homens temos mais essa 'mania'(se for considerado traição olhar apenas para outras mulheres), no entanto isso é muito relativo...

Cada ser humano, seja homem ou mulher pode descair a asa e quando menos se apercebe deixa-se levar...

Tudo é possivel de ser falível, o que sucede é que há pessoas em que a consciencia nao permite esse tipo de quezílias, pois quando se tem excesso de consciencia consegue-se pensar nas consequencias dos seus proprios actos, aliás, nas pessoas timídas é realmente isso que sucede, pois prevêem o que poderá suceder de seguida, e não arriscam...

É isto que eu penso, embora nunca tenha passado por esse tipo de experiencia.....

bj

tuga said...

Acho que........ esta equilibrado. A diferenca é que dantes elas nao se manifestavam tanto.

Miguel said...

eu acho que tanto os homens como as mulheres podem ser infieis..

é uma questão de momento e de situação, do género não é por um homem ser infiel que vão ser todos infieis, depende em que situação se está...

mas sinceramente acho que a abertura da mentalidade geral da sociedade veio trazer uma maior emancipação da mulher o que consequentemente pode ter influenciado uma certa tendência de ser tal e qual o homem nesse aspecto :D

bom fim de semana :D

Catarino said...

Tanto são uns como os outros...
Isso é tudo uma questão de consciência, de formação (ou falta dela), do sentimento e claro da capacidade de resistir à força da carne...LOOL
Beijo

Diabólica said...

CASEMIRO DOS PLÁSTICOS,

Olha, posso dizer-te que nunca o fiz, devo ser, por isso, uma "ave rara", mas não sou ningém para ajuizar os comportamentos dos outros.

Por isso, a única coisa que defendo é a igualdade de direitos.

A partir daí, será a consciência de cada um a funcionar.

Beijos.

Diabólica said...

JOÂO,

Não "apreciar as vistas", não me parece grande "pecado", acho até natural.

Eu, pelo menos, não me importo que o meu namorado olhe, afinal não é porque namoramos que ele ficou cego e vice- versa, não é???!!!

Isto desde que ele não passe dos olhares claro, porque aí sim eu já considero traição e aí não o perdoaria.

Eu sou dessas pessoas de que falas em que a consciência impede de tomar esse tipo de atitudes.

Mas, isso sou eu, e não sou ninguém para ajuizar o comportamento dos outros.

Bjos

Diabólica said...

TUGA,

Parece-me que tens toda a razão, a mulher, actualmente, encontra-se emancipada e não receia tomar o primeiro passo e assumir isso.

Bjos

Diabólica said...

MIGUEL,

Sem dúvida. Concordo plenamente.

A mulher, actualmente, encontra-se emancipada e não receia tomar o primeiro passo e assumir isso.

Bjos e obrigada pela visita!

Diabólica said...

CATARINO,

Bons olhos te leiam!!!

Sim, será uma questão consciência, quanto a resistir aos apelos da carne, acho que uns são capazes de resistir, os outros também terão de o ser.

Mas, posso estar errada...

Bjos e aparece.