Tuesday, April 08, 2008

Ejaculação retardada- As causas, as teorias e as terapias


Bem sei que é mais usual falarmos de ejaculação precoce, do que em ejaculação retardada.
Mas, o que é facto é que esta situação também se verifica ao longo da vida sexual masculina.
Sou da opinião que devemos falar destes assuntos sem tabus, vergonhas ou culpas, daí ter tido necessidade de escrever este post..
Sobre as causas desta disfunção do orgasmo masculino ainda pouco se escreveu, até porque ela é pouco conhecida. Há, no entanto, algumas teorias e uma das mais divulgadas relaciona a ausência de ejaculação com a masturbação.

Muitos homens, como é do senso comum, alcançam os primeiros orgasmos por masturbação, apertando excessivamente o pénis com as mãos no intuito de chegarem rapidamente ao clímax, o que, segundo os defensores desta teoria, gerou a falsa ideia de que a mesma pressão em redor do pénis é necessária para a obtenção do orgasmo por penetração vaginal.
No entanto, a vagina exerce muito menos pressão do que as mãos de quem se masturba, o que induz o homem em erro, na medida em que percebe a pressão vaginal como insuficiente para estimular o orgasmo, logo a ejaculação.
Daí que estes homens sejam capazes de chegar ao clímax quando se masturbam, quando são estimulados manualmente pela parceira ou através de sexo oral.
O certo é que a maioria dos casos de ejaculação retardada não apresenta causas orgânicas, precisamente porque o homem atinge o orgasmo de outras formas que não a penetração vaginal.

Existem, no entanto, algumas doenças que podem afectar a zona do sistema nervoso responsável pela sexualidade: assim acontece com a doença de Parkinson ou a diabetes, mas também com lesões dos nervos da medula ou pélvicos.
O uso continuado de determinados medicamentos, nomeadamente os anti-depressivos, também condiciona a capacidade para chegar ao orgasmo com ejaculação, o mesmo estando relacionado com o abuso de álcool e outras drogas.

Todavia, na maioria das vezes dominam os factores psicológicos, entre eles a aprendizagem anterior e a construção de barreiras ao prazer erótico.
Lembranças traumáticas, crenças religiosas que associem o sexo a algo sujo, a preocupação excessiva com o orgasmo da parceira, situações de stress, medo ou ansiedade perante uma eventual gravidez, conflitos de identidade sexual - múltiplas são as causas desta disfunção sexual masculina.

Apesar de as causas orgânicas serem minoritárias, qualquer intervenção médica deve começar por despistá-las e tratá-las se for caso disso.
Nesse despiste deve haver igualmente a preocupação de identificar medicamentos que possam inibir o reflexo ejaculatório, na medida em que certamente haverá uma alternativa sem este efeito secundário tão desastroso para a sexualidade do homem e do casal.

Descartadas as origens orgânicas deste problema, o passo seguinte é a terapia, visando a redução da ansiedade e tentando levar progressivamente o homem a ser capaz de ejacular no interior da vagina.
É um trabalho a dois, ainda que sob orientação profissional, se necessário: há que conversar sobre as preferências sexuais, a melhor forma de ser estimulado, e ao mesmo tempo ir induzindo a ejaculação - primeiro por estimulação manual, cada vez mais próximo da vagina até que, à beira do orgasmo, vai efectuando movimentos de penetração até ejacular já dentro da mulher.

Estes são exercícios recomendados, por assim dizer, nos manuais de sexologia. Não obstante, cada caso tem as suas particularidades e todos os caminhos serão válidos se o casal conseguir chegar a bom porto: isto é, a um orgasmo que seja satisfatório para ambos.
Espero com este artigo ter contribuído para esclarecer alguns de vós sobre esta temática.
Se assim foi, já valeu a pena.
Agora ,gostaria de saber se esta situação já aconteceu com alguém do universo masculino que visita este blog?
Se sim, como reagiram?
As vossas companheiras entenderam a situação e derão-vos força?
Tiveram medo de assumir este "problema"?
Conhecem casos destes?
Ainda que nunca tenham passado por uma situação destas, se tal acontecesse como reagiriam?
E as mulheres o que pensam deste quadro que atinge o universo masculino? Já alguma vez algum homem passou por isto convosco?
Saudações diabólicas.


29 comments:

Miguel said...

tema interessante e abordado de maneira correcta :)

muitas vezes os homens têm vergonha de assumir certos problemas.. :S

:S

O Pinoka said...

Infelizmente há muito quem sofra com este tipo de problemas.
Bem lembrado e muito instrutivo este post.
Beijinhos

Sapo said...

Muito bom artigo é sempre bom que os blogs também ensinam coisas úteis e interessantes

Mas claro que como macho latina "nunca" tive problemas nenhuns, claro...
lol

Bom trabalho

Diabólica said...

MIGUEL,

Pois, por saber isso, é que resolvi escrever este post. Acho que se deve falar de tudo, sem tabus.

Obrigada pela tua visita, e espero q os meus posts possam continuar a ser do teu agrado.

Bjos

Diabólica said...

PINOKA,

Obrigada pela preferência. A minha ideia ao escrever o post foi precisamente pôr fim aos tabus, e falar sobre assuntos que no fundo, por uma razão ou por outra, são do interesse de todos.

Bjos

Diabólica said...

SAPO,

Pois esse é o problema, "o macho latino n tem problemas". Enquanto n se assumir que estas situações fazem parte integrante da vida sexual de um casal, continuaremos a viver na ignorância e a fingir que nada se passa. E, quanto a mim, isso não é nada positivo.

P.S- Apelo, mais uma vez, a que escrevas no teu blog. Sinto saudades dos teus artigos. Força!

Bjos

Popper said...

Pois é actualidade pura e dura. Dura que às vezes é mole e nada! Pois para mim o q tiver de ser é. Acontece. Nada é perfeito a 100%. Bjocas.

Belzebu said...

Masturbação não é aquela coisa que faz crescer pelos na palma das mãos? eheheh!!

De facto nem sempre há a capacidade de abordar este tipo de temas sem qualquer tipo de preconceitos! As pessoas continuam a achar que o sexo é para ser vivido e falado na intimidade e muitas vezes nem falado é! O certo é que grande parte dos problemas são de fácil resolução, desde que se procure o apoio certo de especialistas e quando falo de especialistas não me refiro a curandeiros e bruxarias, que tudo curam com umas rezas e uns chás!

Felizmente ainda não tive problemas dessa ordem, mas nada me garante que não venha a ter, mas de uma coisa estou certo, não vou ficar à espera que as coisas se resolvam por si!

Aquele abraço infernal!

Diabólica said...

POPPER,

Adorei o teu coment e a forma natural e cómica com que encaras este assunto. Parabéns!

Beijinhos diabólicos

Diabólica said...

BELZEBU,

"Masturbação não é aquela coisa que faz crescer pelos na palma das mãos? eheheh!!" LOL

Bem, devo confessar, que em alturas menos boas, tb eu tive q recorrer não à fiel mão, mas sim ao meu fiel dedo, mas de facto nunca dei conta de me crecer pelos na palma da mão!!! LOL

Ás vezes o dedo ficava era com os ossinhos duridos e a respectiva bastante vermelha!

Mas, o que me interessava é que tinha prazer, isto porque em tempo de guerra não se limpam armas!

O sexo para mim deve se vivido na intimidade e na sociedade sem tabus, com as devidas restrições, é certo...

Gostei da tua forma descomplexada de abordar o tema e de encarar uma possivel situação deste tipo.

Parabéns!

Beijinhos diabólicos.

João said...

Parabéns pelo belicimo blog.
Não conhecia mas vou adicionar ao favoritos para cá vir mais vezes.

Quanto ao fio dental acho que há opiniões contraditórias mesmo entre os médicos.
Uns dizem que faz mal outros dizem que não.

Ainda não percebi quem fala certo

Beijinhos e volta sempre

Mustafa Şenalp said...

Your blog is very nice:)

Enfim... said...

graças a deus cá para o meu lado corre tudo 5* eheheh

beijinhos

boa semana

Miguel said...

eu gosto muito do teu blogue :)

és de fácil leitura :D

Diabólica said...

JOÃO,

Antes de mais, gostava de agradecer a tua preferência, eu adoro escrever e fico sempre muitíssimo contente quando as pessoas gostam dos meus posts.

Afinal, é para todos vocês que eu escrevo.

Quanto ao fio dental, também já não percebo nada, mas pelo sim, pelo não, agora vou passar a usá-lo, apenas, em "ocasiões especiais", e não diariamente como até aqui.

Beijinhos e obrigada pela visita.

Diabólica said...

ENFIM,

Ainda bem, então se tens um modelito bom e a funcionar a 200 à hora, não o deixes fugir! LOL

Beijinhos diabólicos!

Diabólica said...

MIGUEL,

Bem, daqui a pouco, fico mesmo convencida disso. Vocês juntaram-se todos para me fazer chorar, foi??!!! Seus malandrecos, mas que dizer, se não, obrigada pela vossa preferência e voltem sempre a esta casa. Serão sempre muito bem vindos.

Beijos diabólicos

Anonymous said...

Tenho ejaculação retardada, e isso está acabando com o meu relacionamento. Amo muito minha companheira, ela também me ama, mas estamos passando por muitas dificuldades relacionadas a sexo e masturbação. Só agora estou procurando ajuda médica sobre esse assunto, e só agora descobri o nome correto.
Não sei se isso vai ajudar alguém, mas preciso me abrir. Vou contar minha história aqui, talvez alguém tenha algum conselho pra mim.
Demorei muito pra ter minha primeira relação sexual, foi com 24 anos, e foi com essa companheira de que eu falei. Hoje tenho 28, estamos juntos há quase 4 anos. Óbvio, antes de conhecê-la, vivia me masturbando (e muito). Depois que começamos a ter relações sexuais, continuei a me masturbar, pois só podiamos fazer sexo durante os fins-de-semana. Sempre gostei de me masturbar, mesmo fazendo sexo com ela, e também sempre gostei do sexo. O problema é que não consigo largar o vicio da pornografia e da masturbação. Ela odeia pornografia, já brigamos MUITO por causa disso, até mesmo fizemos um trato permitindo que eu me masturbasse vendo filmes pornôs (mas não pra fotos de revistas ou ensaios de uma mulher só, como atrizes, por causa do ciume dela, por ela achar que eu desejo mais a inspiração do que ela).
Agora vivemos brigando, e ela reclama que o sexo está ruim porque algumas vezes (não todas) eu não consigo ejacular. Eu vou ficando cansado por causa do esforço físico do ato, ao mesmo tempo que ela vai perdendo a excitação, e o sexo acaba sendo constrangedor. Eu tenho ereção normal, mas nem eu nem ela conseguimos chegar ao orgasmo. Eu acredito que é psicológico, e está afetando tanto a mim quanto a ela. No início do relacionamento, nas primeiras vezes, eu também não conseguia ejacular. Com o tempo fui melhorando, fui conseguindo, mas depois que ela descobriu meu vicio por pornografia, vivemos reclamando da nossa vida sexual. Sei que preciso parar com a pornografia, que preciso dar mais atenção pra ela, mas pra mim é difícil, pois eu me sinto muito bem depois do orgasmo, e isso me ajuda a relaxar. Ela não aceita que eu me masturbe nem 1 dia antes de fazermos sexo, pois tanto eu quanto ela estamos com essa neurose de que isso afeta a performance sexual. Quero diminuir a masturbação, quero fazer mais sexo com ela, tenho muito desejo disso, mas agora ela me odeia, diz que não sente mais vontade de fazer sexo comigo por causa das coisas que nós brigamos recorrentemente. Minha situação agora é: quero fazer mais sexo com ela pra sentir menos vontade de me masturbar, mas ela não quer mais fazer sexo comigo. Espero que ninguém passe por isso na vida, pois é muito constrangedor e doloroso pro casal.

Fernando Mesquita said...

Para mais informações sobre Terapias Sexuais visitem o meu BLOG:

http://terapiassexuais.blogspot.com

LopesZ said...

Olá Diabólica,

concordo contigo q estes assuntos devem ser amis falados em tabus e nada melhor q informar e esclarecer e colocar o assunto pra debate...

mas 1ª gostaria de saber se artigo q deu origem ao teu post se ainda sabes o link?
(eu sou nova nisto de post mas sempre li blogs e vejo normalmente muitos links, mas já me aconteceu ter alguns assuntos por mail sem saber a origem e nem descobrir nenhum link depois de pesquisa mas adiante)

ainda bem q vejo alguns posts masculinos...
... e o post do anonimo sensibilizou-me especialmente...

Só posso dizer q se o homem precisa de ajuda neste caso e q deve assumir q precisa e ter mente aberta, a mulher q o acompanha tb precisa e não é o caso q ele aqui relata infelizmente, pelo q lamento, mas os dois estão a precisar de ajuda

já vi aqui o comentario de alguem q deixa 1 link e eu quero deixar aqui outro q achei util e com conselhos importantes

http://mulher.sapo.pt/articles/sexualidade/anatomia/668933.html

Ejaculação retardada
As causas, as teorias e as terapias



só posso acrescentar q já aconteceu com um parceiro q tive, e era claramente por influencia da pressao q ele sempre usou quando se martubava e depois é o factor psicolico e involuntario... mas eu como acho q falo muito abertamente destes assuntos, lidei sempre com muita naturalidade e à vontade e sabia q ele se excitava muito com pornografia e q pra ele era mais facil com sexo oral ou masturbação, mas era facil perceber a pressao q tinha de ser empregue pra o satisfazer... e acho q os conselhos q dou é q tem de ter paciencia, apesar de eu não compreender tantos ciumes de uma companheira, mas compreendo q ela se sinta mal e sem saber ajudar... mas a ajuda dela é primordial, pois só com a continuação de terem cada vez mais relações com penetração pode mudar o cenario de só haver orgasmo com marturbação...

por isso, aconselho muita paciencia e mentes abertas e muito dialogo e partilha pra se quiserem mudar as coisas conseguirem

LopesZ said...

ahhh acho q descobri a tua fonte, tem excertos do artigo do link da sapo mulher ;)eu tb recebo a newsletter e divulgava muito por mail e agora q resolvi "postar" em vez de "mailar" ehehe e até já o podia ter feito muito antes, mas era mais pratico fazer FWD dos mails ehehehe achei q não havia tempo, mas era falta de motivação, pois achei q os estranhos não iam querer ler, mas na blogoesfera acho q nos leêm mais os estranhos q os amigos lol

LopesZ said...

ahhh e desculpem mas tenho q felicitar o dr fernando mesquita por ter aqui comentado e indicado o seu blog de especialista no assunto

bem haja

Luan said...

Eu nao consegui ejacular com minha namorada...

Ela era virgem...

E por estar com uma certa pressao na hora de satisfaze-la... nao consegui...

Cheguei ao ponto de sentir que iria... mas nao saiu nada oO

Eu nao entendi mto bem...

Mas ao ler isso... ja entendi um poco o pq!

rosafonseca said...

meu namorado nao tem ejaculaosao oque devo fazer ele tem 45 anos

Ricardo said...

Por ter esse problema vim dar com este blog. Muito conciso e bem estruturado, gostei.
A principio era uma benção pois era capaz de aguentar 1h30 - 2h seguidas dando varios orgasmos a minha parceira, mas com o tempo ficou fustrante para nos o facto de eu nao conseguir "terminar". Ela chegou ate a pensar que o problema era dela, por nao me satisfazer totalmente. Investiguei o assunto e procurei ajuda medica, como refere no blog, cerca de 90% dos casos é factor psicologico, devido a vida stressante e muito regrada/controlada. O facto de exercer muita pressao ao masturbar tambem nao esta nada fora do contexto e é uma explicação plausivel.
So pra dizer que com força de vontade ultrapassa-se o problema, aos poucos estou melhorando e cada vez mais gozando melhor a relação que tenho.

Gabriel said...

Muito legal o seu blog, e sobre oq voce diz no texto eu passo por isso a dois meses, se vc puder conversar comigo no msn ou skype eu agradeceria ...

Anonymous said...

Estou saindo com um cara de 37 anos e transamos umas 3 vezes e ele não ejacula. De jeito nenhum. Nem com nada q eu faça nem com a masturbação dele. Ainda não sei o que é, mas achei mt estranho, já q estava acostumada a ver sempre o gozo dos meus parceiros... Ele me exita mt, fico louca de tesão. Ele tb me elogia mt, ma acha perfeita e nada... Nunca vi nada assim, enfim...

ronaldo rodrigues said...

Meu nome e ronaldo sofro muito com isso, ja fui ao urologista e foi descartado problema organico ja que com a masturbacao eu ejaculo facio, porem sozinho na frente da parceira nao rola de jeito nenhum, e terapia infelizmente nao pode fazer devido ao custo r$ 100 a cada 15 dias. Cheguei fazer 6 sessoes, mas nao sei se resolveria pois eu so falava e o terapeuta concordava comigo em tudo e nao me dava nenhuma dica...no inicio me sentia bem, pois sempre deixei garotas cansadas de prazer,oque me deixou mau desde entao foi o pedido de uma gata pedir para engolir meu esperma, e ao longo de um periodo de motel (3 horas) e nao rolou...acho que pode ser masturbacao devido a pressao que falaram nos post acima, se parar de se masturbar volta a sensibilidade normal ? Tenho 27 anos, e isso ja faz um ano que nao ejaculo com uma garota...se poder me ajudem

leandro abreu said...

olá fernando bom dia! preciso de uma orientação. tenho 30 anos,comecei a ter relações sexual aos 29 anos, como eu era evangelico e seguia a tradição de só ter relações depois de casado.conheci uma pessoa maravilhosa que a amo muito e ela também.começamos a ter um problemas no caso eu na relação demoro muito a ejacula e isso tem sido um problema muito grande pra mim.onde pode levar o fim do meu relacionamento, me ajude por favor preciso de sua orientação.desde ja agradeço.