Monday, April 09, 2007

Quer morfina grátis? não exite vá ao hospital Garcia da Horta!


Há dias, fui com um amigo meu ao Forúm de Almada ver uma exposição.
Correu tudo bem, até chegar-mos ao meu carro, que se encontrava na garagem do Centro Comercial.
Habitualmente sou eu que conduzo, mas naquele dia ele quis conduzir. Pois muito bem, ele dirigiu-se à porta do condutor e eu à do pendura, como é natural.

Eis que se não quando ele começa aos gritos, e eu calculei que se tivesse entalado na porta. Dei de imediato a volta ao carro, e o que aconteceu foi que ele ao entrar para o carro torceu o joelho. As dores eram muitas e ele não parava de gritar.

Pedi-lhe que ficasse quieto e fui pedir ajuda, mas como ele estava muito branco e a suar pedia a um senhor que ia a passar se me chamava os socorristas do Centro.

O Sr. assim fez, e rapidamente os socorristas chegaram ao pé de nós, tentaram ver o que seria, e imobilizaram-no de imediato. Ainda foi para a sala deles, onde lhe colacaram gelo, enquanto aguardávamos a chegada da ambulância para o levar para o Hospital Garcia da Horta, em Almada.

Chegada a ambulância ele foi transportado até ao hospital, e é aqui que se começam a dar as broncas, próprias dos serviços públicos que temos.

Como já todos sabem a política que impera é a do “Eu quero, posso e mando”.

Logo que ele entrou de maca, ficou no meio do corredor à espera que viesse alguém da Triagem, para o encaminhar.

A “Triagem” naquele hospital funciona de uma forma muito peculiar, deve ser por telepatia, adivinhação, não sei bem!

O que sucedeu, foi que os “amigos” da triagem chegaram ao pé dele e perguntaram-lhe o que é que tinha acontecido.

Ele começa a explicar e eles sem mais nem menos viram-lhe as costas, ao ponto de ele dizer zangado: “ OBRIGADO”, pois eles não o quiseram ouvir nem lhe tocaram.

Não voltaram mais, e ele ali na maca à espera, até que finalmente é chamado pelos altifalantes para entrar para a sala seguinte.

Eu vou passar a chamar-lhe a “SALA DO PÂNICO”, mais adiante já iram entender porquê.
Entretanto chegaram pessoas da família ,( Mãe, irmã e sobrinhos), e os sobrinhos, a mãe e a irmã foram canalizados para a sala de espera, mas antes da maca ir para a "Sala de Pânico a irmã" quis ver como o irmão estava, o mesmo se passou com os sobrinhos e com a mãe.

Mas, em breves segundos chega lá um segurança, que devia pensar que era administrador do hospital, e com um tom altamente mal criado dirigiu-se a nós dizendo que não podíamos ali estar, muito menos os miúdos que tinham que ir para a sala de espera.

Se o meliante tivesse dito aquilo com educação eu calava-me, mas a arrogância dele tirou-me fora de mim, e respondi-lhe q não lhe admitia que nos falasse com aqueles modos, muito menos com aquele tom e se como disse a sala de espera estava cheia de vírus, eu disse-lhe que então mais valia mandar as crianças lá para fora ,e que nesse caso deviam fazer alguma coisa, porque uma pessoa vai a um hospital para tratar de algo e não para sair de lá com uma doença. Disse-lhe que devia participar isso a quem de direito.

Aí ele vira-se para mim e diz: “ Mas o que é que tu queres”????

Aí a sorte dele foi a mãe do meu amigo me ter agarrado, se não embora eu seja contra a violência, tinha-lhe mandado um banano no focinho, para ele perceber quem lhe paga o ordenado.

Mas, o pior estava para vir.
Já estava ali há quase 3 horas sem saber de nada do que estava a acontecer.

A certa altura uma Senhora abre a porta da Sala de Pânico, e eu aproveito para ver se via o meu amigo.
E quando vejo ele já estava com soro, e com outras coisas que eu n conseguia ver o que eram.
Fiquei extremamente preocupada, como calculam.


Da sala de pânico sai logo uma que também devia pensar que estava a falar lá com os filhos dela e começa assim para mim: “ Tu não podes entrar aqui, mas isto dito aos berros”
Aí passei-me e disse-lhe que não a conhecia de lado nenhum, se ela julgava que estava a falar com os filhos dela, e que não lhe admitia faltas de educação, e que para já não tinha entrado, tinha aproveitado para espreitar porque à 3 horas q ninguém me dizia nada do meu doente.
Ela continuou a gritaria e eu disse-lhe que falasse baixo e com modos.
Aí falei mais alto que ela.
Sabem, já aprendi uma coisa, com gente desta tem que se falar a mesma linguagem que eles, se não, não entendem. A educação não é de forma nenhuma, mediadora deste tipo de conversas.

Ás tantas vem logo outra mulher que disse para eu me acalmar: “ Ao q respondi, impossível, com bestas destas a enervarem as pessoas não dá. A pessoa já está preocupada com o seu paciente, e ainda tem que apanhar com isto na rifa”

Mas, lá tive que voltar novamente para a sala de espera, porque o segurança me “coagiu” a tal “ agarrando-me num braço”, aí dei-lhe um safanão e disse-lhe que não admitia q me tocasse, que não lhe reconhecia autoridade para tal.

E ele “informa-me” que, das 18h ás 20h, iriam ser distribuídas umas folhas para nós preenchermos e pedirmos informações acerca dos doentes.
Note-se ,que para mim, isto parece-me um regime de prisão, mas fiz o que me mandaram e fiquei a aguardar.

De repente, entra uma senhora pelo hospital adentro a pedir ajuda, pois tinha a filha no carro a ter um ataque epiléptico.
Pensam que alguém se importou com isso, continuavam para trás e para a frente como se nada fosse.
Até que a Sr.ª extremamente aflita volta a pedir socorro, mas o problema daquelas bestas era quem lá iria buscar a miúda com uma cadeira de rodas.
Discutiam uns com os outros porque ninguém lá queria ir. Até que finalmente, lá se resolveram a ir buscar a rapariga.

Entraram com ela no hospital e abandonaram-na à sua sorte na entrada, ela já não reagia e eles passavam impávidos e serenos, por um cenário daqueles.

Até que lá levaram a miúda para a "Sala de Pânico".

Entretanto, é chegada a altura de chamarem os familiares dos doentes, e chamam-me ao altifalante, e eu pensava que viria um médico para falar comigo para me informar o que se passava com o meu amigo.

Mas, não chamaram-me para lhe fazer companhia. Ele estava na maca, como soro e com uma data de agulhas espetadas, imaginem com quê?????

COM MORFINA! Encontrava-se um Sr. um bocado distante de nós a agonizar de dores e este soro e esta morfina destinavam-se a esse paciente e não ao meu amigo.

Finalmente, as “Reais inteligências” aperceberam-se do erro, e quem veio tirar as agulhas e o soro, ainda acho muito engraçado proferir a seguinte frase a rir:
“Ah, teve quase a sair daqui com uma grande pedrada”.

Isto é uma total irresponsabilidade para com as pessoas, conforme foi morfina e soro, podia ter sido outra coisa que o matasse e depois de quem era a responsabilidade?

Provavelmente do meu amigo que em má altura resolveu ir para aquele hospital.

No fim de estar despachado já com a receita na mão, ainda tive que ser eu a empurrar a cadeira de rodas até cá fora ao guichet!


Afinal que país é este? Que sistema de Saúde é este?

Saudações Diabólicas

18 comments:

Geo said...

'Que sistema de Saúde é este?'- dizes tu

...é um mau sistema de saude!

bj

Topo de Gama said...

Mulher!!!

A ti acontece cada coisa... Mas realmente, nunca por mim visto!! Uma situaçao engraçada ke se passou comigo, foi a de ter ido buscar um amigo ao hospital, ke tava em quase coma alcoolico, e esse amigo acordou de repente, e bazamos do hospital sem ke ninguem nos visse...

Passados 2 dias... (sim, 2 dias) ligaram pro meu numero pk andavam a procura dele!!! Pk o gajo tinha desaparecido do Hospital.. E aproveitaram tambem pra dizer ke nao tinhamos pago a conta :D

Ai ai.. Mas nunca comparado a situaçoes onde a dor e o sofrimento imperam....

bjito

Joana said...

lol
Isto só mesmo para rir. Felizmente só precisei de ir a um hospital poucas vezes, mas das poucas que lá estive aconteceu sempre um filme qualquer do género. Para compensar, não tive razão nenhuma de queixa dos médicos, muito pelo contrário.

sonhador said...

a bem dizer, digamos que foi uma tarde BEM passada num hospital público.

bjos.

Tuche said...

Amiga e o LIVRO DE RECLAMAÇÕES???????????

Acredita que vale a pena escrever lá eu fiz uma reclamação no mês de Janeiro no Hospital de Cascais depois de estar 4 horas com a minha Mãe que mal podia andar nesse dia com uma consulta marcada para as 9 da manhã 3 meses antes para ir levantar uma citologia.
Perderam o processo dela e não a chamavam se eu não reclamasse nada acontecia.
O certo é que já me enviaram 2 cartas do HCascais e 1 do Ministério da Saúde acerca da minha reclamação.

É lamentável realmente o atendimento dos nossos hospitais

Diabba said...

ahhhhhhhhh

consigo comentar??

BOA!!

agora vou ler o post

(já tentei imensas vezes comentar, mas esta coisa apaga-se e pronto, desisti)

Joana said...

Pois este é o sistema de saúde que nós temos.... Infelizmente não é só na saúde é em tudo!

bjinhoss

Anonymous said...

não hesite, do verbo hesitar...

Enfim... said...

tamos num pais de m***** enfim...

Em todo o lado é assim quantos filmes desses n vi já...

Bjokas

Crystalzinho said...

Eu acho que isto não é para rir, é mesmo é para nos preocuparmos. Nunca se sabe quando será um de nós a receber algum tipo de tratamento de choque!
O Sr. Ministro da Saúde é que devia ser socorrido mais a sua família nestes hospitais e sem qualquer tipo de regalias diferentes. Podia ser que as coisas melhorassem um pouco.

Bjs

Aqui fica um convite para o jantar bloguista da Primavera. Era giro que fosses.

Jantar bloguista da Primavera
Conforme a tradição, um jantar por estação.
No próximo dia 14 de Abril, organizado pelos amigos bloguistas da área de Estoril/Cascais, irá realizar-se mais um jantar de convívio na PAREDE, para o qual, desde já estão todos convidados.
Rua Machado Santos, 112 PAREDE
Para variar, o jantar não será nos moldes dos anteriores, onde era necessário fazer a escolha do prato antecipadamente, mas um simpático buffet, onde cada um mete a mão onde quiser, pelo não menos simpático preço de 15,50 por pessoa.
As incrições terão de ser feitas até ao dia 12 de Abril, com a indicação do número de pessoas.
Saibam mais e inscrevam-se neste blog:
http://os-convivas-do-costume.blogspot.com/

Casemiro dos Plásticos said...

que estupidez do car##### f########## só neste país realmente, espero que o teu amigo esteje melhor
bj

pé descalço said...

Diabólica

Perante o que contas
toda a indignação é pouca
mas neste país, com esta gente
já pouco me surpreende!!!

eu sei que isso é mau
é triste
mas ainda assim sou como tu
quando lido com a má formação das pessoas com obrigações na área da saúde
a mim ninguêm me cala
como dizia o "outro"

Mas quando o exemplo devia vir de cima
o que é que vemos
damos de frente com senhores
que se intitulam coisas que não são
o que talvez nem seja tão raro quanto isso
porque segurança, enfermeira, médico
sem sensibilidade no trato
só pode estar no campo errado
do lado da fraude e da opressão
não no de quem sofre e tem necessidade
de ajuda...

"Que país é este?"
Este é o país com a educação que o poder quer...e a saúde que o poder não quer que o povo tenha...

beijinhos e uma boa semana tãmbém para ti

Barão da Tróia II said...

É o país da gesta heróica do TGV e da Ota, do CCB e dos 10 Estádios (a maioria às moscas), que nem consegue cuidar dos que cá vivem, boa semana.

Diabólica said...

IMPORTANTE:

Antes de mais, e peço desde já desculpa aos restantes visitantes, mas, a minha primeira resposta irá dirigir-se a alguém, já bastante conhecido de todos nós: ANONYMOUS.

Já dei a minha opinião sobre estes "merdas" num outro blog, mas parece-me que não fui suficientemente esclarecedora...

Então vamos lá falar a mesma "linguagem":

Para mim toda e qualquer pessoa, que se esconde atrás de uma palavra, como a de "ANONYMOUS", não me merece qualquer credibilidade,porque é um/a merdas que apenas visa destabilizar o conteúdo dos blogs.

Não deve ter nada mais interessante para fazer na vida, e então aparece pelas nossas casas para "arrotar postas de pescada".

Eu, pelo menos, quando não gosto de alguma coisa, ou de alguém simplesmente ponho de lado. Porque que será que estes "animais" não fazem o mesmo????

Porque não têm capacidade para mais, porque são uns frustrados "armados ao picarelho".

Eu quando vou ler um artigo a um outro blog, interessa-me saber qual é o teor daquele post, e o que pretende atingir.

Não ando DESALMADAMENTE à procura de um ERRO ORTOGRÁFICO, ou de qualquer outra espécie.

Isto porque respeito as pessoas, e sei que são pessoas ineligentes e cultas, e que sabem o que estão a fazer, mas como todos nós enganam-se.

Mas já vocês, "seres de merda", não vêm à procura da discussão de ideias, mas sim de humilhar e criticar os nossos posts.

Reconheço que cometi um erro ortográfico. No entanto, como calcula sei escrever a palavra hesite, e sei bem que deriva do verbo hesitar.

Mas, num artigo com a gravidade deste não haveria nada mais para ler, para opinar???

Qual foi o problema? A sua "supra-inteligência "não chegou para compreender a gravidade da situação descrita????

Se há coisa que detesto são pessoas pobres de espírito, pessoas pequeninas.

Será que é funcionário público, ou até mesmo do referido hospital e sentiu-se "picado"????!!!

Pois, mas eu sou uma daquelas pessoas que não me calo perante situações deste tipo.

Chame-lhe "defeito de profissão", se quiser"!

P.S- Quando eu quiser um CORRECTOR ORTOGRÁFICO, peço-o, mas obrigada pelo "PRÉSTIMO".

Escusado será dizer que com este comportamento, não é bem vindo à minha casa.

Espero, que entenda a MENSAGEM.

Diabólica said...

GEO,

Pois, não há mais nada a dizer...
Tens razão!

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


TOPO DE GAMA,

É verdade, não se pode dizer que tenha uma vida muito parada!!! LOL

"Passados 2 dias... (sim, 2 dias) ligaram pro meu numero pk andavam a procura dele!!! Pk o gajo tinha desaparecido do Hospital.. E aproveitaram tambem pra dizer ke nao tinhamos pago a conta" LOL

É aqui que se vê a responsabilidade dos serviços que nos são prestados.

E já agora, qual conta não vos prestaram serviço nenhum???!!!

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


JOANA;

Olha, ainda bem para ti, porque eu apanhei ali vários sustos, com este meu amigo.

Mas, o que mais me chateia é a impunidade com que estas pessoas tomam atitudes desta gravidade.

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


SONHADOR,

Bem, agora já até me posso rir do teu comentário, mas acredita que naquele dia, tudo o que menos me apeteceu foi rir.

Mas gostei do teu sentido de humor! LOL

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


TUCHÉ,

O Livro de Reclamações ali não usei, mas na próxima história que vou contar, já o usei, mas ainda assim acho que vais achar graça à "solução" que me deram!

Bem que história lamentável a tua. Realmente, que imcompetência.

Espero que não se volte a repetir.

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


DIABBA,

Ok, cá fico à espera do teu comentário, prima.

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


JOANA;

Infelizmente, assim é. Mas, o que acho é que a culpa é de todos nós, porque calamos e consentimos estas situações.

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


ENFIM,

É isso mesmo, estamos num país de MERDA, podes dizê-lo. No meu blog não há censuras desse tipo.

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.

Diabólica said...

CRYSTALZINHO,

Mas, acredita que se isso acontecesse, o SNS já estaria todo alterado.

Mas, como eles e as suas famílias vão para clínicas privadas, onde são tratados da melhor forma, essa questão não se põe.

Azar o nosso: Somos pobres! LOL

Quanto ao convite, agradeço-o desde já e se puder ir vou com todo o prazer.

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


CASEMIRO DOS PLÁSTICOS,

Lá vai indo, mas ainda com dores...

Temos uns serviços de MERRRRDA, é o que é!

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


PÉ DESCALÇO,

Ainda bem que és como eu.

Não nos podemos continuar a calar, temos que denunciar e fazer valer os nossos direitos.

Mas, olha que tenho pelo menos mais dois artigos, que te vão fazer rejubilar de raiva.

Em príncipio, serão os próximos que vou colocar. Também eles são verídicos.Infelizmente...

P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.


BARÃO DE TRÓIA,

Não, mas os TGVs e os CCB, servem para mostrar uma realidade económica e social que não é a nossa. É para Exibir, à boa moda Portuguesa.

E para se investir numas coisas, tem necessariamente que se cortar noutras.

É pena que uma delas, seja a saúde.


P.S- Agradeço que vejas a minha primeira resposta aos nossos mui nobre amigos "ANONYMOUS".

É que como também já deves ter notado são pessoas que só visam destabilizar os nossos blogs.

Gostaria, que me desses também a tua opinião sobre isso mesmo. O que achas destas "Almas"?

Beijinhos e obrigada pela visita.

Topo de Gama said...

Diabolica...

Penso exactamente como tu... Nao so sobre os anonimos... Mas tambem alguns bloggers que me parecem um pouco "amargos"..

Mas adiante.. Confesso ke me enervam um pouco, mas a realidade é ke ha anonimos ke nao sao tao anonimos qt gostariam.. E os outros, que se fodam.. mt friamente, é isso ke posso opinar (nao kerendo ser mal educado:))

Eu gosto do teu blog.. Acho ke escreves bem, com inteligencia e sobre temas de interesse... ke se foda o "H"...

A partir de agora vou escrever "exitar" em tua honra.. OUBISTE SEU HANONIMO DO KARALHO KE TA FUUUUUODA??

bjins :) hoje eu tou diabolico :D

Belzebu said...

Faço minhas as palavras da Tuché. "Então e o livrinho"? O livro de reclamações existe para alguma coisa e é um direito e um dever, escrever, reclamar e exigir. Enquanto nos mantivermos calados perante situações destas, estamos a atrasar o seu fim!

Saudações solidárias e infernais!!