Thursday, June 14, 2007

ESTÁGIOS INÚTEIS... A MENTIRA SOBREPÕE-SE!


O tema que escolhi para este artigo foram os estagiários, mais precisamente os de Comunicação Social, precisamente por esta ser a área em que me movimento.

Todos sabemos que os estagiários, sejam de que área for, são “carne para canhão”, ou seja, servem apenas para fazer aquilo que os “veteranos” da respectiva profissão não querem perder tempo a fazer.

Não passam, portanto, de mão de obra barata.

A minha pergunta é : Já não chega não ganharem nada, serem tratados abaixo de cão, ainda têm que ser enganados quanto à obtenção da sua Carteira Profissional, sem a qual não podem exercer a profissão???

Neste caso, estou a reportar-me como vos disse inicialmente, aos futuros jornalistas.

Tenho conhecimentos de casos concretos, nos quais os futuros jornalistas fizeram estágios gratuitos de 3 meses, 6 meses, sendo o caso mais escandaloso de 1 ano, sem nada receberem, e sendo enganados em relação aos moldes exigidos para obtenção da sua Carteira Profissional.

Para se exercer a profissão tem, necessariamente, que se ter a dita carteira, e para se obter esta, caso se tenha a licenciatura, tem que se fazer um estágio de 12 meses num Órgão de Comunicação Social, ou em vários, desde que perfaça um ano de estágio.

Mas, o que os proprietários dos meios de Comunicação Social se “esquecem” de dizer é que os estágios não remunerados, não contam para o tempo de estágio para a obtenção da Carteira.

Isto é, a estes jovens é dito que aquele tempo em que estão a estagiar, sem serem remunerados, serve para “abater” no tempo necessário, para a obtenção do título de jornalista, para o exercício da profissão.

A C.C.P.J( A Comissão para a Carteira Profissional de Jornalistas), exige um estágio de uma ano remunerado, com um vencimento base + Subsídio de alimentação, com um orientador de estágio, que seja Jornalista com a respectiva carteira, e com um comprovativo do Órgão de Comunicação onde está a ser desenvolvido o estágio, para ser passada a já referida carteira. Tem que exercer a futura profissão, durante 8 horas, como em qualquer outra profissão.

Eu, dei-me ao trabalho de telefonar para este organismo para confirmar a situação, e referi a existência deste tipo de estágios em que os jovens estão a ser literalmente ludibriados.
A pessoa com quem falei referiu-me ter conhecimento da situação, mas disse também que nada podia ser feito.

Ora, isto, irrita-me e desilude-me grandemente.

Então se esta instituição que é responsável pela atribuição do título de exercício de profissão não pode fazer nada, quem poderá????

E porque que estas pessoas que são licenciados na área e efectuam estágios, nas condições já referidas, não podem exercer a profissão, e outros que não possuem uma formação condigna na área o podem fazer?

Dou-vos o exemplo, do Sr. José Castelo Branco, que para além de ter uma coluna numa conhecida revista da nossa praça, se intitula constantemente como jornalista.
Mas, conforme ele existem muitos mais, mas se fosse a fazer uma lista nunca mais daqui saíamos.

É vergonhoso, visto que o estagiário para além de não receber nada pelo seu trabalho, está a “trabalhar para aquecer” nos dois sentidos, isto é no monetário, e no da diminuição do tempo de estágio.

O tempo que lá passam, não conta rigorosamente para nada.

Agora digam-me qual é a cara de um estagiário que realiza um estágio de um ano, sem nada receber, e que depois se depara com a triste realidade de que aquilo não lhe serviu para nada?

Porque, se quiser exercer a profissão terá que perder mais um ano, e realizar outro estágio remunerado nos moldes que referi anteriormente.

Mas, depois na RTP 2, no programa “Clube de Jornalistas”, aparece-nos o Presidente do Sindicato dos Jornalistas, com a maior cara de pau a dizer que isto não acontece.

Agora vou parafrasear o Jornalista Hernâni Carvalho: Porquê tanta “zelo” com uns, e tão pouco ou nenhum com outros”????

Simplesmente escândaloso, como aliás muitas outras situações no nosso país
Saudações Diabólicas







22 comments:

tuga said...

Se fosse só no jornalismo????
Alguns sao como o Toyota,,,vieram pra ficar....Estagiario a vida inteira

Anonymous said...

Realmente é escandaloso.
Isso significa que hà demasiada oferta de jornalistas e pouca procura.
Os recem formados fazem tudo para obter um lugar.
Eu também gostava de ter escrito umas coisas.., mas não dá.

Durante meses fiz um blog de noticias.
Um excelente Blog.
Consegui uma audiência de 17 pessoas por dia, em média.

Gastar sete horas por dia para fazer noticias que são lidas só por 17 pessoas....;

Mandei tudo às malvas.

Se quiserem saber o que se passa em Gaza.., vejam a RTP 1, ha ha ha ha ha haha

(Hão-de ficar muitos esclarecidos, sim senhor. Mas de qualquer forma quem é que se interessa plo que se passa em Gaza ? ).
Mandei tudo às malvas.

Clique aqui pra ver o meu jornal


Por um lado pede-se cada vez mais a quem quer fazer jornalismo.

Por outro lado a qualidade do jornalismo é cada vez pior , no que se refere ao internacional.

Sapo said...

A unica maneira de se saber o que se passa no mundo é ir a sites de canais de noticias online estrangeiros, pois os portugueses são escritos por estagiarios e assim a qualidade não é muito boa, porra a qualidade é pessima.

Ver por exemplo o portugaldiaro entre outros, em portugal o unico que online que tem uma qualidade razoavel é o Publico, mas isso é só para noticias nacionais, pois internacionais são prestam

Este pais está cada vez pior, já não sei o que disser.....

Catarino said...

HUmmm...
Pois é, o pessoal a enganar o outro pessoal...
É triste, mas o mais triste é mesmo depois do curso acabado, depois de tantas noites sem dormir, tantas pestanas queimadas à luz de um candeeiro, chegar ao momento para o qual nos preparamos, e... Pumba, bater com o nariz na porta... É no mínimo muito mau...
Quanto ao pessoal que chega a trabalhar um ano sem receber nada e que sendo ludibriado, apetece no mínimo esganar quem o enganou, desejo boa sorte para o futuro... Que Deus lhe dê tudo de Bom, que acompanhe e guie essas pessoas para realizarem uma grande carreira sempre e acima de tudo na verdade...
Beijo

Luciana said...

É realmente triste mas não é só no mundo jornalistico! É em tantos outros sitios que enganam as pessoas! :(

Luciana said...

É realmente triste mas não é só no mundo jornalistico! É em tantos outros sitios que enganam as pessoas! :(

Joana said...

Infelizmente as coisas passam-se desta maneira e não é só no jornalismo mas também em quase todas as profissões.

Cada vez mais temos que estar bem informados para que não nos acontecam coisas como essas.

Espero daqui a um ano ter um estágio num bom ( sei que é pedir muito) órgão de comunicação social e que possa fazer aquilo que sempre quis.

Sei que a ideia que tinha, inicialmente, do "jornalismo romantico" já não existe mas pode ser que seja recuperado!

Beijinhos**

Angélika said...

Estágios é uma vergonha em Portugal.

No início do meu curso em Geologia e Ambiente haviam promessas de mundos e fundos... hoje após 10 anos posso dizer que não estagiei na área, e muitos que estagiaram estão na mesma situação que eu: Trabalham em tudo, excepto geologia e na maioria dos casos estamso todos em trabalho temporário.

Viva ao proletariado!
(Frustração)

Marcelo said...

Trabalhei em uma agência de publicidade que aceitava estagiários também.
Realmente eram "carne de canhão" os coitados...
Nunca concordei com tal tratamento porque sabia que tratava-se das pessoas mais esforçadas em aprender que estavam ali.
Acredito que devemos tratar com igualdade qualquer pessoa.
Assim as coisas seriam bem mais simples.

Beijos meus.

Casemiro dos Plásticos said...

pois daqui a uns anos tb vou para essa dura etapa da vida!

Belzebu said...

Amiga Diabólica, a nossa missão de denunciar situações perfeitamente insuportáveis, está a ser cumprida na totalidade! Estou totalmente solidário apesar de não conseguir associar o Castelo Branco, a qualquer tipo de jornalismo! Só se for na errata de qualquer notícia!

eheeh!! Saudações infernais!

SA said...

um dia os estagiários que tanto ambicionaram a carteira vão olhar para trás e maldizer o dinheiro que deram para um sindicato que nada faz pelos jornalistas. eu não tenho carteira e tenho 6 anos de profissão. e graças a deus que nunca fiz caso de certeiras nem carteirinhas. para que um sindicato se somos a versão moderna da escravatura.

Adriano Bichano said...

Podes vir fazer estágio ao meu escritório. Vais ficar como efectiva para toda a vida. E vais gostar do serviço.

MEU DOCE AMOR said...

É. Um país cheio de motivações que motiva cada vez mais...

Beijinho doce

Su said...

a maioria dos estágios são inúteis.................só são uteis na medida em que para os outros, é trabalho e de graça----


jocas maradas

Rafael Velasquez said...

saudações!

Mulheka said...

Realmente é triste!!!
Gostava de um dia vir a tirar o curso de jornalismo apesar de no momento nãoo poder fazer! Mas como as coisas andam, não sei não...
De qq forma, fizest muito bem denunciar esta situação. Eu, por exemplo, não sabia que um estágio remunerado não valia para nada nesta situação. Enfim... o nosso Portugal!

Diabólica said...

TUGA,

Infelizmente, nada mais há a dizer.

Bjs.

P.S- Mas, já tratei de "levantar o moral" no meu próximo post.
Espero que gostem.


ANONYMOUS,

Já vi o seu blog, e é de facto muito bom.

Pena que as pessoas não deêm valor a quem se preocupa em fazer um bom trabalho informativo.

Mas, não, em vez disse, preferem-se os 543567 episódios da "Flori-Seca", Os " Fiéis ou Infiéis", e outros q tais, que apenas servem para estupidificar um pouco mais o nosso povo.

É vergonhoso, tanto trabalho para haver uma audiência de apenas 17 pessoas.

Eu reconheço q n conhecia, mas a partir de agora estarei alerta para futuros artigos que coloque, conto até linká-lo.

Algumas pessoas, são realmente pequeninas, e não se preocupam com o que realmente importa, como é o caso do que se passa à nossa volta.

O Português quer é bola e festa, mesmo q para isso tenha q passar o mês sem comer.

Relactivamente, à qualidade do Jornalismo, não podia estar mais de acordo, por isso é que sp fui favorável à existência de Uma Ordem, como existe nas outras profissões.

Na minha opinião, seria uma forma de filtar os maus profissionais, isto é separar o trigo do joio.

E assim, talvez não existisse tanta oferta.

N se deixe vencer e denro das suas possibilidades, vá postando alguma coisa.

Parabéns pelo esforço.

Cumprimentos.


SAPO,

O Portugal Diário, é um exemplo, de total ausência de revisão daquilo q faz um estágiário.

São erros de brandar aos céus, infelizmente, tenho de concordar.

É a merda de país que temos.

N sei o q andam a fazer as instituições competentes...


CATARINO,

Acredita que era esse o grande sonho de muitos, que têm realmente vocação e que sp lutaram por exercer a profissão, mas alguém não quer.

Tv por isso, a qualidade da informação em Portugal esteja pelas ruas da amargura, como se vê.


LUCIANA,

É uma verdade inegável o que dizes, mas como disse reportei-me apenas a esta área por ser a minha.

Mas, tb deixei a advertência para o q em boa altura constatas.

Beijinhos.

Diabólica said...

JOANA,

Faço votos para que consigas o teu objectivo, mas um conselho, prepara-te pois este mundo, á semelhança de mtos outros, funciona bem mais à base da cunha, do q das capacidades de cada um.

Mas, espero q até lá melhor, para puderes concretizar o objectivo a q te propôes.

Boa sorte!

Beijinhos.


ANGÉLICA,

Vergonhoso, e dp ainda têm a coragem para incentivarem as pessoas a estudarem.

Para quê pergunto eu?

Para sermos a geração dos "500 Euros", como já somos apelidados???

Vão, mas é passear.

Bem, estão a fazer aqueles q se estão a ausentar do país.

O nosso país n merece o nosso esforço.

Beijinhos.


MARCELO,

Sem dúvida, amigo, mas as pessoas q mandam n querem assim.

preocupam-se é em arranjar tacho para os seus filhos e amigos.

Experimenta dar uma volta ao Diário da República, e poderás constatar aquilo q acabo de dizer.

Beijinhos e obrigada pela visita.


CASEMIRO DOS PLÁSTICOS,

Faço votos para q nessa altura as coisas já estejam melhores...

Mas, sinceramente, dúvido.

Beihinhos.


BELZEBU,

Pois, é esse o espírito e obrigação das " mentes diabólicas" como nós.

Há q aproveitar este canal, enquanto nos deixam
Porque não tarda, até isto nos tiram.

"Estou totalmente solidário apesar de não conseguir associar o Castelo Branco, a qualquer tipo de jornalismo! Só se for na errata de qualquer notícia!" LOL, LOL, LOL.

Já n aguento mais de tanto rir!

Beijinhos.


SA;

Pois tens toda a razão, o problema é q agora n deixam exercer sem a merda da carteira.

Quanto ao Sindicato, concordo em absoluto, ainda estou para descobrir para q serve.

Só se for mm para recolher fundos, como bem dizes.

Continuação de boa sorte para ti, amigo.

Cumprimentos.

Diabólica said...

ADRIANO BICHANO,

Obrigada pela oferta,mas n me parece. lol

Cumprimentos.

MEU DOCE AMOR,

Só nos resta seguir os q já partiram para a terra de "nuestros hermanos", ou para qq outro lugar, onde nos valorizem realmente.

Beijinhos.


SU,´

É q nem mais... Está na cara de quem quiser ver.

Bjs.


RAFAEL VELAQUEZ,

Igualmente. Obrigada pela visita. Aparece sempre.

Cumprimentos.


MULHECA,

Ainda bem, que o meu artigo serviu para adverter.

Foi exactamente essa a minha intenção.

Só por isso já valeu a pena.

Bjs e espero q já tenha melhorado a situação, se vieres a deidir enveredar pela profissão.

Boa sorte!

Bjs

profundodesempregado said...

Essa situação já é tão batida... Há muito que deixou, tristemente, de ser novidade.
Carne para canhão. Apenas isso.

Diabólica said...

Infelizmente, é uma triste realidade.

No entanto, acho q devemos falar dela, se n é q cai mm no mais profundo esquecimento.

Bjs e obrigada pela visita.

Volta sempre